Escolha uma Página

Perda de peso – Comidinhas light e nutritivas

Perda de peso – Manter o peso e a saúde é o objetivo de muitas pessoas, ainda mais depois dos 30 anos, quando o metabolismo começa a desacelerar naturalmente e precisa de um novo fôlego. Além dos exercícios regulares e da reeducação alimentar, a perda de peso é uma questão de escolha, de atitude, de saber escolher as comidas corretas e estabelecer horários fixos para as refeições. Veja agora algumas alternativas de comidinhas light e nutritivas, ideais para qualquer tipo de dieta.

Como escolher os alimentos para a perda de peso

Em primeiro lugar, é preciso consultar um médico e ver as suas condições de saúde – você deve fazer isso sempre que iniciar uma dieta ou reeducação alimentar, ao iniciar uma atividade física ou esporadicamente. O auxílio de um nutricionista é fundamental e não substitui as dicas que você verá aqui.

Perda de peso

Os alimentos mais adequados em seu projeto de perda de peso devem ser os naturais (como as frutas da época, os sucos feitos na hora, legumes e verduras, etc.), os orgânicos (que são produzidos de forma consciente e sem ativos químicos), os light (que possuem baixos teores de gordura e calorias), os diet (para aquelas pessoas que não podem ou não devem ingerir açúcares comuns), os integrais (que ativam o metabolismo por mais tempo e ajudam na perda de peso) e os funcionais (todos os tipos de alimentos da pirâmide alimentar têm uma função e devem constar na sua dieta, e é indicado que você consuma aqueles que também que possuem funções benéficas conhecidas).

Além disso, o consumo diário e adequado de água é essencial para revigorar e hidratar o corpo, para o bom funcionamento dos órgãos internos e da pele e para ativar o metabolismo. Consuma de 2 a 3 litros de água todos os dias.

Alimentos nutritivos para quem está de dieta

A nutrição consiste em fornecer ao organismo uma alimentação completa e balanceada, composta de gorduras magras, carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais. Ou seja, todos os tipos de alimentos devem ser consumidos com equilíbrio, pois o seu corpo precisa de cada um deles.

Perda de peso

Por exemplo, de nada adianta retirar da dieta o carboidrato, se ele tem a função de dar energia ao corpo, pois as suas atividades diárias e os exercícios requerem que você tenha disposição. É um erro comum retirar do cardápio também as gorduras, já que elas têm a função de ser o combustível celular, pois cada molécula carrega grandes quantidades de energia. Logo, a dica é saber escolher cada tipo de alimento de modo consciente.

Perda de peso

Ao optar pelos carboidratos, prefira os complexos (que são absorvidos mais lentamente pelo organismo, e tem sua estrutura molecular mais complexa, liberando energia aos poucos aos simples (que são facilmente absorvidos pelo organismo e viram açúcar no sangue). Os carboidratos simples são o mel, os açúcares, leite, vegetais, algumas frutas, etc. Os carboidratos complexos são, por exemplo, as massas integrais, o arroz integral, os cereais naturais, etc. Se tiver que comer um carboidrato simples, consuma em menor quantidade e acompanhado de proteínas. Veja que com apenas algumas substituições, já dá para efetivar com segurança a perda de peso, sem passar fome.

Perda de peso

Já as proteínas participam de todas as estruturas do corpo, além de contribuírem para a formação dos músculos e muitas funções do sistema nervoso e de defesa. As proteínas são divididas em dois grupos: de origem animal (carnes, aves, leites e derivados) e de origem vegetal (leguminosas e cereais), e são compostas por diversos aminoácidos, que atuam de diferentes maneiras no organismo. Prefira as proteínas magras e consuma este tipo de alimento pelo menos 3 vezes ao dia, nas principais refeições. Elas aceleram o metabolismo e saciam a fome.

Estes alimentos devem estar sempre em foco na sua reeducação alimentar funcional:

  • Massas integrais (macarrão, pães e biscoitos – quanto menos industrializados, melhor)
  • Carnes magras (peixes de água fria naturais, frango, cerne vermelha magra (as melhores são patinho, músculo, miolo da paleta, peixinho, coxão mole).
  • Ovos (ricos em biotina, ótima para a saúde da pele, unhas e cabelos)
  • Cereais integrais (como os matinais, mas sem açúcar)
  • Couve (fonte de ferro)

Perda de peso

  • Couve-flor (possui fibras, poucas calorias, contribui com a circulação e processo pulmonares e possui diversas vitaminas, principalmente do complexo B)
  • Brócolis (reduz o nível de insulina, combate o câncer e ajuda a ter uma gravidez tranquila)
  • Espinafre (é rico em ferro, cálcio, fósforo e vitaminas C, A e do complexo B)
  • Cenoura (rica em vitamina A e betacaroteno)
  • Maçã (rica em antioxidantes e combate o envelhecimento precoce e a diabetes)
  • Melancia (hidrata, é rica em vitamina C e diversos outros nutrientes e tem poucas calorias)
  • Gengibre (acelera o metabolismo)
  • Limão (rico em vitamina C, combate as infecções e desintoxica)
  • Acerola (fonte de vitamina C)
  • Chá verde (acelerador do metabolismo)
  • Goji bery (antioxidante, acelerador do metabolismo e combate o envelhecimento precoce)
  • Melão (equilibra os hormônios)

Há muitos outros tipos de alimentos benéficos para qualquer dieta ou reeducação alimentar, mas separamos estas, pois são os mais citados pelos nutricionistas. Prefira os alimentos que não passam por processos industriais de modificação complexa, pois estes são os que de fato possuem menos componentes nutritivos e mais componentes destrutivos ao corpo.

Tenha foco na substituição pelos alimentos light – se você comparar, a margarina e o requeijão, que constantemente estão na mesa dos brasileiros, possuem, em suas versões light, muitas vezes até 60% menos calorias que a versão comum – e efetivam a perda de peso.

Leia também

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe agora!

Se gostou compartilhe com seus amigos e familiares!