Escolha uma Página

Foliculite – Tratamentos Especializados e Caseiros

Muitas vezes, aquelas bolinhas nos ombros, rosto, virilha, coxas e glúteos, por exemplo, não são acne, mas um probleminha mais chato de se tratar. É a conhecida foliculite, que possui cuidados caseiros e especializados e que deve ser combatida já pode afetar na sua beleza.

Dificilmente, nos glúteos aparecerá acne – a não ser que você realmente tenha um problema sério com espinhas e cravos. O nome destas bolinhas indesejáveis, que aparecem em homens e mulheres é foliculite e pode aparecer em qualquer região que tenha pelos encravados. Trata-se de uma inflamação de um ou mais folículos capilares.

Mas por que, afinal, ela ocorre no bumbum? Isso se deve pelo uso de calças muito justas, pois é aí que as bactérias estafilococos da própria região acabam se proliferando, principalmente nos pelos, ou seja, no folículo piloso, causando inflamação. O tratamento, no entanto, pode demorar e não ser eficiente, já que é bem comum o problema retornar ou se agravar.

foliculite

Como prevenir e tratar a foliculite

A foliculite se parece muito com a acne e pode ou não ter pus. É mais comum que surjam nas costas, nas coxas, na nuca, braços e principalmente nas nádegas. Para prevenir o problema, siga algumas dicas simples:

  • Busque orientação médica – muitas vezes o problema só pode ser tratado com medicamentos. Avalie com o especialista as condições do problema;
  • Use sabonete antisséptico no local. Há produtos específicos para o problema;
  • Se as bolinhas estiverem inflamadas, coloque compressas umedecidas e mornas para promover a drenagem dos folículos afetados, mas não estimule ou cutuque a inflamação;
  • Utilize roupas leves e de fibras naturais, nada muito apertado ou sintético pois o contato contribui para o aparecimento do problema;
  • Não compartilhe toalhas, roupas de cama ou peças de roupa;
  • Evite a depilação com cera quente, para não complicar o encravamento de pelos;
  • Aplique antes e depois da depilação um hidratante neutro ou a base de ureia ou ácido glicólico que ajudam a desencravar os pelos;
  • Use sabonete de enxofre na higienização do local – faça pelo menos duas vezes ao dia;
  • Faça esfoliação pelo menos uma vez por semana, mas evite agredir a pele;
  • A depilação a laser é mais indicada no caso do problema ser persistente.

foliculite

Como tratar a foliculite

Muitas vezes, o tratamento da foliculite deve ser feito com antibióticos aplicados sobre a pele ou por via oral, ou medicamentos antifúngicos para controlar a infecção, ou até mesmo peeling para melhorar a aparência do local. Consulte um dermatologista se os procedimentos acima não derem resultados.

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe agora!

Se gostou compartilhe com seus amigos e familiares!