Escolha uma Página

Menopausa – E agora? O que fazer?

Todas as mulheres irão passar pela menopausa. Mas nem sempre é fácil saber que este momento já chegou em sua vida. Os sintomas da menopausa são muitos e muitas vezes paralelos, o que faz com que a pessoa tenha dúvidas. Veja alguns sintomas da menopausa e algumas soluções de bem-estar para as mulheres desta fase.

O que é a menopausa? Quais os sintomas da menopausa?

A menopausa é um evento inevitável, decorrente do esgotamento dos óvulos e o consequente fim dos ciclos ovulatórios. Desta forma, a mulher deixa de ser fértil e entra no climatério. Isso traz modificações físicas e psicológicas para a mulher. É importante ressaltar que o termo menopausa refere-se à última menstruação das mulheres e que a pós-menopausa é o climatério, a fase propriamente dita.

Menopausa - E agora? O que fazer?

Mas a menopausa (ou climatério, que é o nome mais adequado) não acontece da noite para o dia. Há fases bem distintas.

  • A pré-menopausa – período de 3 a 7 anos antes, ou seja, os últimos 3 a 7 anos de idade fértil.
  • A menopausa é a última menstruação da vida da mulher.
  • A pós-menopausa ou climatério – período que inicia-se após a última menstruação.
  • A perimenopausa é o período que engloba a pré-meno e o primeiro ano de pós-meno.

É na perimenopausa em que o corpo da mulher passa por uma série de alterações fisiológicas e psicológicas que podem afetar a sua qualidade de vida e bem-estar. Isso acontece devido redução nos níveis de estrogênio Veja agora alguns sintomas bem populares e comuns.

Ondas de calor

O conhecido fogacho refere-se às ondas de calor que ocorrem principalmente à noite e com 80% das mulheres. Elas ocorrem devido à redução da produção de estrogênio. Podem durar até 2 anos após a meno.

Suor noturno

É comum as mulheres suarem mais à noite nesta fase. É uma consequência das ondas de calor. A sudorese pode ocorrer ainda durante o sono. O problema pode ser agravado pelo consumo de bebidas alcoólicas.

Problemas para dormir

Insônia, sono leve e outros problemas que complicam a qualidade do sono são comuns. Sabe-se que a insônia pode surgir até 7 anos antes da menopausa e costuma se agravar no último ano da pré-menopausa.

Menstruação irregular ou falta de menstruarão

Este pode ser o sintoma mais comum. A intensidade e a frequência da menstruação são afetadas. O ciclo pode passar a ser de 40 a 50 dias. O volume menstrual se altera (para mais ou para menos) e escapes podem ocorrer no meio do ciclo. A irregularidade da menstruação é sucedida pela sua ausência.

Depressão e ansiedade

Acredita-se que as mulheres nesse período têm 2,5 vezes mais chances de entrar em depressão do que em outras fases da vida. Isso também tem a ver não apenas com as mudanças bioquímicas, mas com a forma como a mulher encara a vida e esta fase. Já a ansiedade durante a perimenopausa é oriunda da queda nos níveis de estrogênio no corpo, afetando o humor e a disposição.

Humor alterado

A irregularidade dos níveis de estrogênio é responsável pela transformação no humor feminino no período pré-meno. Ter raiva, mágoa, alegria e outros sentimentos em um mesmo dia é normal nesta fase. É preciso saber lidar com isso para não criar atrito com as demais pessoas que a cercam.

Menopausa - E agora? O que fazer?

Insegurança e falta de desejo sexual

Um dos sintomas  que também são muito comuns. Com o declínio do estrogênio no corpo, ocorre a atrofia da vagina (vaginite atrófica) e sintomas de secura vaginal, coceira e dor durante o ato sexual. A mulher passa ainda por uma perda progressiva da libido. A ingestão de hormônios podem amenizar o problema.

Pele seca

Como o estrogênio está em queda, a produção de colágeno fica comprometida, interferindo na boa aparência e firmeza da pele. A pele fica mais fina e mais seca. Excesso de pelos e descamação também são comuns. Veja como hidratar a pele seca com óleo de coco neste artigo.

Queda de cabelo

Como os níveis de estrogênio e colágeno declinam, o cabelo fica mais fraco e cai abundantemente. Os fios também ficam mais secos, quebradiços e se partem com mais facilidade. Você pode conferir algumas dicas de cuidados com o cabelo para mulheres com mais de 60 anos nesta matéria.

Menopausa - E agora? O que fazer?

Cansaço

A mulher nesta fase fica acometida pelo cansaço, a falta de energia e a pouca disposição para a rotina diária. Isso se deve aos desequilíbrios hormonais, às alterações de humor e pela falta de sono.

Ganho de peso

O metabolismo desacelera e o corpo armazena gordura com a redução dos níveis de estrogênio. É comum que a gordura se localize mais da região da cintura, assim como ocorre com os homens.

Ossos fracos e sensíveis

Os ossos vão se tornando mais fracos conforme envelhecemos. Com a falta dos estrogênios, há um risco maior à osteoporose e fraturas.

Veja também os cuidados com o rosto que as mulheres com mais de 60 anos devem ter.

Imagens: Pinterest

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe agora!

Se gostou compartilhe com seus amigos e familiares!