A gordura pode fazer parte da sua dieta

Quando a gente entende que precisa emagrecer, geralmente, começamos a cortar as gorduras e os doces, mas você sabia que é possível emagrecer sem zerar o consumo de gordura? As gorduras são essenciais ao organismo, que junto às proteínas formam os macronutrientes. Nosso organismo não é capaz de produzi-los e precisa do seu consumo durante as dietas. Sugerimos algumas dicas de como emagrecer consumindo gorduras.

Como emagrecer consumindo as gorduras certas

Os alimentos ricos em gorduras consideradas boas são: os peixes, a cavalinha, o atum, o salmão e a sardinha; azeitonas: cerca de 10 unidades possui 3,4g de gorduras; abacate: 100g possui cerca de 14,6g de gorduras; nozes: porção de 100g contém 47g de gordura boa; linhaça: 100g têm 40g de gorduras; chia: em 28g possui 9g de gordura; amêndoas: a porção que enche uma xícara proporciona 29,5g de gordura, mas tem também alto teor de calorias, por isso toda essa quantidade não deve ser ingerida em um único dia.

peixes e azeitonas - como emagrecer

abacate - sementes - azeite - como emagrecer

Como emagrecer consumindo gorduras nos horários certos

Os horários adequados também são importantes. Investigadores da Universidade Hebraica de Jerusalém descobriram que fazer as refeições regularmente nos mesmos horários ajuda a emagrecer, mesmo que haja a tão comentada gordura. Ela não fica acumulada no organismo e serve de fonte de energia. O próprio organismo cria um estado metabólico especial que controla esse armazenamento e a libera como energia ao longo do intervalo entre uma refeição e outra.

como emagrecer comendo na hora certa

Comer gordura desacelera o metabolismo

A gordura, assim como os alimentos com fibra, tem o poder de desacelerar a digestão dos alimentos. Há uma diminuição na liberação de glicose no sangue. Isso ajuda a manter altos níveis de insulina e os áxidos graxos (gorduras) podem ser usados como combustível. O chocolate, por exemplo, consumido com freqüência e em baixas quantidades auxilia na limpeza dos radicais livres, substâncias instáveis capazes de danificar as células do corpo.

                                   chocolate com morango - como emagrecer consumindo gorduras              chocolate - como emagrecer

Comer a quantidade de gordura suficiente para se saciar

Quando diminuímos o consumo de gordura, o nosso cérebro entende que precisamos comer mais até atingirmos o consumo necessário para o bom funcionamento do organismo. Então, comemos mais alimentos, além do que realmente deveríamos. A chance de aumentar o peso fica ainda maior. Uma alimentação com cerca de 5 a 8 gramas de gordura já é capaz de nos deixar satisfeito por várias horas. Uma refeição sem esse nutriente, provavelmente, fará com que você fique com fome em poucas horas e por isso, coma além do necessário durante o dia.

prato com 12g de gordura - como emagrecer

As gorduras ajudam na absorção de certas vitaminas

 Além de serem parte integrante de uma dieta rica, as gorduras trabalham no corpo ajudando a assimilar determinadas vitaminas que ingerimos. Exemplo de vitaminas lipossolúveis (solúveis na gordura) seriam a A, D, E e K. Elas são mais bem absorvidas e são responsáveis pela perda de peso, quando há, ao mesmo tempo, ingestão de alimentos com certo teor de gordura. Claro que, tudo demais faz mal. É preciso bom senso na escolha dos alimentos com gordura e também pensar bem na quantidade. Em quantidade adequada, ajudará a manter a saúde da pele, dos cabelos, unhas e função de reprodução. Do contrário, será um efeito desastroso. É uma substância muito importante para a mulher.

como emagrecer - vitaminas lipossolúveis

Consumir frutas ajuda na conversão de gordura ruim em gordura boa

Tem como emagrecer consumindo gorduras, até mesmo as gorduras ruins? Você ainda poderá dar um jeito no exagero. Nem tudo está perdido. A ingestão de frutas, principalmente a uva, poderá auxiliar na conversão desta gordura ruim em gordura boa, na ciência chamada de gordura branca e bege, respectivamente. A substância antioxidante capaz de fazer essa conversão é chamada de resveratrol. Além de fazer essa modificação, ela também auxilia no retardo do envelhecimento e combate uma série de doenças. Assim como a uva, outras frutas também são antioxidantes naturais: as maçãs, morangos e framboesas. Afirmando, em relação a diversos estudos, o benefício no consumo do vinho quando consumido moderadamente.

                       como emagrecer - uvas - framboesas - morangos e maçãsuva e taça

Imagem da Internet. Se você é o dono ou conhece e não gostaria de ver sua imagem neste site, por favor entre em contato.

Fotos: Pinterest/Google